RJ: R. México 3/7º andar, Centro  |  Tel: 21 2223-7333

Cases » HRT - Infraestrutura de TI

HRT - Infraestrutura de TI

Desafio

O Grupo HRT tem suas atividades voltadas para a exploração e produção de óleo e gás natural. Operadora na Bacia Sedimentar do Solimões, Estado do Amazonas e na Namíbia, na costa oeste da África, a companhia se diferencia pela excelência do seu corpo técnico, composto por profissionais com ampla experiência no setor. No processo de descobrir hidrocarbonetos em áreas classificadas como fronteiras exploratórias, tem como prioridade maximizar o valor de seus ativos e promover o desenvolvimento das comunidades nas regiões onde está presente.

A partir do seu IPO em 2010, a HRT passou por um processo de crescimento acelerado. O número de colaboradores multiplicou por 10 em um período de 2 anos. Este processo causou, naturalmente, questões ligadas à gestão da infraestrutura de TI necessária para suportar as operações da empresa.

Solução

Inicialmente foi realizada uma auditoria da TI da HRT. Neste processo foram identificados os diversos pontos de melhoria, para adequar a operação da TI da HRT aos requerimentos intrínsecos à TI e ligados ao fato de ser uma empresa aberta, sujeita tanto a legislação específica quanto à necessária transparência de sua governança.

Um ponto fundamental identificado foi a ausência de proprocessos ligados à gestão de TI. A Marlin estruturou os processos necessários seguindo o modelo de melhores práticas da ITIL. Os documentos que foram gerados recaíram em duas categorias:

  • Documentos de arquivamento. Refletem uma situação presente do ambiente. Devem ser atualizados com uma periodicidade pré-estabelecida ou a cada vez que ocorra uma mudança significativa no ambiente.
  • Documentos de trabalho. São os documentos de uso cotidiano pela equipe. Estes documentos dividem-se também em duas categorias:
    • Manuais de procedimento. Devem ser seguidos sempre, quando algum procedimento precisa ser executado.
    • Relatórios. São produzidos à medida que os processos são aplicados. São usados para: (1) certificar que o processo seja seguido; (2) fornecer as evidências necessárias à auditoria e; (3) realimentar o processo de revisão.

Na sequencia, a Marlin foi contratada para administrar a rede da HRT. A equipe passou a administrar o ambiente computacional, composto por 32 servidores, infraestrutura de telecomunicações ligando o escritório de Copacabana às bases operacionais no Solimões e Namíbia e também o escritório da HRT America em Houston.

Resultado

A equipe da Marlin manteve a disponibilidade e segurança da rede com índice zero de incidentes com interrupção ao longo do período e com desempenho considerado excelente pelos usuários.